Mulher com a Bíblia

BUSCANDO NA PALAVRA

Encontrando refrigério e orientação na palavra de Deus

e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo,


2 Coríntios 10:5


A principal área da batalha espiritual na vida do cristão é a mente, pois é a arena onde o inimigo investe pesadamente para implantar os seus sofismas e confundir o povo de Deus. O inimigo trabalha buscando distorcer os pensamentos na mente do crente, de forma que as verdades bíblicas não sejam valorizadas como verdades absolutas. Muitos crentes ficam confusos com tantas "verdades" diferentes sendo pregadas e ensinadas, mas por incrível que pareça, todos dizem basear as suas pregações e ensinos na bíblia.


Não podemos filtrar os nossos pensamentos com base em nossos sentimentos e ideologias, mas precisamos levar cativo, ou seja, submeter todos os nossos pensamentos à obediência de Cristo. É necessário que façamos a seguinte pergunta: como cristão, como devo me posicionar com relação às questões postas em debate? Como cristão como devo pensar a respeito desse assunto? Talvez você esteja se perguntando, mas o crente não tem livre arbítrio para escolher como pensar a respeito dos assuntos gerais da vida? A resposta mais correta é, tem, desde que os seus pensamentos sejam submetidos ao arbítrio de Cristo.


Se nos identificamos ao mundo como cristãos, precisamos defender os valores da palavra de Deus, e submeter à nossa mentalidade aos ditames de Cristo. Existe uma batalha travada, baseada principalmente nos sofismas do inimigo, que persiste em relativizar na mente dos cristãos princípios que nos são caros. Muitos valores inquestionáveis da nossa fé são postos em cheque, normalmente com a assertiva "de que não é tão errado assim..."


Precisamos encher a nossa mente da palavra de Deus e basear os nossos pensamentos e as nossas escolhas nos princípios bíblicos, sujeitando-nos ao senhorio de Cristo, porque não somos senhores de nós mesmos. Se fomos comprados por tão alto preço, já não pertencemos a nós mesmos, mas àquele que nos resgatou e cravou na cruz a cédula de pecado que havia contra nós. Portanto, em tempos de batalha de ideologias e pensamentos, temos que levar cativos os nossos pensamentos à obediência de Cristo!


Há uma guerra travada por esses dias no Brasil. Muitos cristãos estão confusos com relação ao futuro da nossa nação, porém necessitamos compreender que enquanto seguidores de Cristo, não podemos ser influenciados para o mal. Não podemos ser influenciados por ideologias mundanas ou valores mundanos, simplesmente porque não gostamos da personalidade, forma de agir ou maneira de falar de quem representa valores mais alinhados com a nossa fé.


Enquanto cristãos, não temos liberdade absoluta para pensarmos como quisermos referente às questões da vida. A nossa liberdade de pensamento deve ser levada à obediência à Cristo ou seja, devemos pensar alinhados com valores cristãos. Se dizemos que Cristo é o nosso Senhor, devemos submeter os nossos pensamento com os valores da palavra de Deus, mesmo que contrarie as nossas vontades. Se não levarmos cativos os nossos pensamentos à obediência de Cristo, o inimigo lançará dardos inflamados na nossa mente, confundindo-nos para tentar nos fazer crer que temos liberdade para fazer aliança com valores mundanos, sem nenhuma consequência.


A batalha é renhida, mas se colocarmos os nossos joelhos no chão e buscarmos a direção de Deus pedindo que os nossos pensamentos sejam levados cativos ou seja dominados, à obediência de Cristo, com certeza colheremos um futuro melhor para nós enquanto cristãs e para nós enquanto cidadãos deste mundo, enquanto aqui estivermos.


Que Deus em Cristo nos abençoe!


Ev. Sylmar Ribeiro Brito

Contato

Obrigado por se interessar pelo Buscando na Palavra. Para mais informações, entre em contato e retornaremos em breve!

Bíblia Sagrada

CURSOS E PRODUTOS

forumeiros.png