Estamos no final dos tempos?

Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências,

E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação.


2 Pedro 3:3,4


Estamos no final dos tempos? Esta pergunta está sendo feita por muitas pessoas em todos os lugares, porque estamos vivendo tempos estranhos, especialmente no que diz respeito ao comportamento do ser humano.


Podemos dizer que o temor a Deus, mesmo nos países que se dizem cristãos, está em evidente declínio, porque o escarnecimento está patente nas redes sociais, inclusive com temas relacionados à fé. Muitos comediantes que se dizem cristãos, ganham a vida, e muito dinheiro, escarnecendo da fé, e incentivando o escárnio dos mais jovens e também dos ímpios.


Atualmente as pessoas não querem um compromisso verdadeiro com a palavra de Deus, querem andar segundo as suas próprias concupiscências, porque acreditam que a vinda de Cristo tardará. As gerações anteriores acreditavam mais piamente na segunda vinda de Cristo, vigiavam, e se preparavam para o encontro com o Salvador, provendo o azeite para as suas lâmpadas.


A geração atual está querendo "sentir-se bem", é a geração do bem estar. Muitos pregadores desta geração não querem confrontar o pecado, mas preferem expor a palavra de Deus de forma seletiva para agradar os ouvintes, e alguns têm coragem de escarnecer das coisas de Deus até mesmo nos púlpitos das igrejas, durante a sua exposição.


Estamos vivendo nos dias finais? Talvez estejamos vivendo sim, principalmente porque o ser humano está vivendo cada vez mais de acordo com as suas próprias convicções. As igrejas estão cheias de evangélicos nominais, que vão aos templos aos domingos apenas para pedir milagres e rogar pela intervenção de Deus nos seus problemas, mas na segunda-feira vivem na prática do pecado, sem nenhum tipo de arrependimento.


Será que os cristãos desta geração creem verdadeiramente na promessa da segunda vinda de Cristo? Será que os jovens crentes estão vigiando e aguardando a promessa da sua vinda? Talvez não, os jovens cristãos atualmente têm outras prioridades, especialmente atingir os seus objetivos pessoais.


O escarnecimento presente na sociedade hodierna, até mesmo das coisas sagradas, e a incredulidade acera da segunda vinda de Cristo são sinais muito evidentes de que Jesus está voltando. Precisamos vigiar, orar e nos preparar para encontrarmos com o Senhor nosso Deus, para que nenhum de nós fique para trás e consequentemente experimente a Ira do Cordeiro no Dia do Senhor.


Que Deus em Cristo nos abençoe

Ev. Sylmar Ribeiro Brito

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo