top of page

ESTAMOS CHEGANDO AO FINAL DOS TEMPOS? PARTE 3


Mas olhai por vós mesmos, porque vos entregarão aos concílios e às sinagogas; e sereis açoitados, e sereis apresentados perante presidentes e reis, por amor de mim, para lhes servir de testemunho.


Marcos 13:9


A intensificação da perseguição aos cristãos enquanto pessoas, valores, preceitos e identidade é um sinal muito forte da aproximação do final dos tempos. Jesus Cristo advertiu aos discípulos da sua época, que após a sua partida, o templo seria destruído e viria uma grande perseguição aos cristãos. Precisamos considerar que a perseguição aos cristãos é ilustrativo da proximidade da volta de Cristo.


A inversão de valores da sociedade do nosso tempo tem levado alguns cristãos a reagirem tentando lutar pela sua fé, evangelizar os perdidos e manter a integridade da sua conduta. Contudo, notamos que a liberdade de expressão está mitigada, porque perto da volta de Cristo a religião cristã será perseguida e combatida por todos aqueles que se alinharam com a agenda anti-cristã. A agenda anti-cristã implantou uma perseguição ideológica, excludente e violenta.


A perseguição é ideológica porque os valores cristãos não são aceitos na sociedade hodierna. Em muitas escolas, faculdades e outros ambientes de ensino, multiplica-se o ensino contrário às escrituras, fazendo-se zombaria daqueles que professam a fé cristã. Temos observado a desconstrução dos pilares da família ensinados na palavra de Deus, pois segundo os sábios desse mundo são conceitos ultrapassados e involuídos. Não é possível expressar a fé cristã livremente nas plataformas das redes sociais pelo risco de ofender aos outros com postagens fundamentadas na palavra de Deus.


A perseguição excludente diz respeito à impossibilidade de manifestações cristãs em locais privados ou públicos devido à contrariedade dos interesses comerciais ou outros interesses que se arvoram mais importantes que a expressão da fé e evangelização dos perdidos. O sistema anti-cristão está impondo uma barreira quase intransponível para aqueles que desejam expressar a sua fé, mesmo em uma país livre como o Brasil. A fé cristã é excluída de muitas agendas simplesmente por defender os valores tradicionais de conduta e família. Obviamente que a crítica não pode ser generalizada, já que muitos gestores públicos tem resistido à mitigação da fé cristã e mantido uma agenda social que inclui manifestações como caminhadas, shows com músicas cristãos, etc., mas até quando?


Obviamente que o texto leva em consideração o contexto social da nossa nação, porque se consideramos a situação em muitos países do mundo nos quais o cristianismo é extremamente perseguido, a condição dos cristãos é de exclusão absoluta e violência extrema.


Mas a violência contra os cristãos não ocorre apenas em países que não toleram o cristianismo. Aqui no Brasil, um país que se diz cristão e livre, também existe violência contra a nossa fé. Não é uma violência explícita, ainda, mas ainda assim é uma violência psicológica e velada. Até o momento não estamos sendo açoitados em virtude da nossa fé no Brasil, mas vários pastores já tem sido levados perante as autoridades judiciárias simplesmente por pregarem a palavra de Deus, e a tendência da perseguição contra os cristãos é ser intensificada.


Que este texto sirva de alerta para a sua vida. A vinda de Jesus Cristos se aproxima e nós não sabemos quanto tempo ainda temos para expressar a nossa fé. Aproveite as oportunidades que você tem. Use as redes sociais enquanto ainda pode. Porque a tendência da perseguição aos cristãos é aumentar até o ponto de deceparem as cabeças de todos aqueles que se identificarem como cristãos.


Estamos dizendo: Maranata! Mas precisamos estar conscientes dos desafios que enfrentaremos até a volta do Mestre Jesus. Estejamos atentos, despertados para a realidade que estamos vivendo e principalmente remindo o tempo, porque os dias são maus.


Que Deus em Cristo nos abençoe,


Ev. Sylmar Ribeiro Brito

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page