CUIDADO COM A HIPERGRAÇA

"...Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne..."


Gálatas 5:13


Hoje em dia têm se multiplicado os pregadores que estão pregando e ensinando nas igrejas uma graça que extrapola os padrões bíblicos, a qual alguns têm denominado de "hipergraça". O que seria a hipergraça? É um cristianismo baseado apenas em um amor romântico por Jesus, mas sem nenhuma responsabilidade por parte daqueles que abraçam essa doutrina, pois segundo dizem, "basta amar".


Essa hipergraça, que nada mais é do que uma graça barata, está levando muitas pessoas a dar ocasião à carne em virtude da liberdade que obtivemos em Cristo. Muitos jovens estão indo por este caminho, porque é um caminho sem disciplinas espirituais. Na hipergraça você não é obrigado a nada, não é obrigado a orar, não é obrigado a ler a bíblia, não é obrigado a nada, faz tudo meramente por um amor romântico espiritual.


Ora, precisamos nos lembrar de que quando Jesus estava orando no Jardim do Getsêmani, Ele repreendeu os discípulos porque dormiram e não puderam orar nem uma hora. O próprio Jesus ensinou várias vezes que era necessário obedecer os mandamentos da palavra de Deus, e não simplesmente cumprir a palavra quando eu quiser em virtude de um amor romântico. Não é isso que a palavra de Deus nos ensina.


Infelizmente, outras pessoas rejeitam a hipergraça, mas abraçam o legalismo religioso, no qual se faz tudo por obediência cega, principalmente de regras criadas por homens, que dificultam o exercício legítimo do cristianismo, e tais regras, por vezes, se tornam mais importantes do que os próprios princípios escriturísticos.


Desta forma, compreendemos que o caminho saudável a ser trilhado, não é nem o da hipergraça, nem do legalismo religioso, mas um cristianismo bíblico e libertador. O próprio apóstolo Paulo estabeleceu que nós somos livres, mas isso não significa que não devamos praticar disciplinas espirituais. Devemos sim, reservar tempo de oração, devemos sim, reservar tempo de leitura da bíblia, devemos sim, buscar o jejum, e outras disciplinas espirituais, de forma que possamos nos encher do Espírito Santo.


Não devemos usar da liberdade que Cristo conquistou para nós na cruz, para fazermos o que quisermos, quando bem pensarmos, crendo que porque somos livres não estamos mais adstritos às ordenanças da palavra de Deus. Pelo contrário, porque somos livres, queremos obedecer aos mandamentos da palavra de Deus.


Essa é a beleza da liberdade em Cristo, obedecemos não porque somos escravos, obedecemos porque somos livres e escolhemos obedecer aos mandamentos de Cristo, porque o Espírito Santo nos convence do pecado, da justiça e do juízo.


A grande dificuldade da hipergraça é que ela não confronta, ela adula... e o ser humano precisa ser confrontado nos seus pecados diariamente, para que possa viver uma vida que agrada a Deus.


Portanto, meu amado irmão, nós somos livres, mas podemos basear a nossa caminhada cristã em um emocionalismo fomentado por um amor romântico ao cristianismo, não! A nossa caminhada cristã é guiada pela fé na palavra de Deus. E porque cremos, obedecemos a bíblia de boa mente, não por determinação de um legalismo religioso que engessa, mas procurando discernir a vontade de Deus em tudo que fazemos.


Glórias sejam dadas ao nome de Jesus.


Ev. Sylmar Ribeiro Brito

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo